quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Passes em animais




O Passe é antes de tudo um ato de amor, segundo o Livro “Obsessão e Desobsessão” de Suely Caldas Schubert  o passe “ é uma doação ao paciente daquilo que o médium tem de melhor, enriquecido com os fluídos que seu guia espiritual traz [...] formando uma única vontade e expressando o mesmo sentimento de amor (SCHUBERT). É através do passe que o beneficiado recebe energias para que seu corpo perispiritual ao receber estas energias, consiga restaurar seu equilíbrio psíquico e assim, restaurar também seu equilíbrio orgânico, pois que o passe atinge o corpo físico, o duplo etérico, o perispírito e o Espírito, tal como salienta Luiz Carlos de Gurgel em seu livro “O passe Espírita”.


A aplicação do passe pode ocorrer  diretamente através de um Espírito desencarnado ou de um médium, sempre dentro de uma Casa Espírita; normalmente o passe ocorre com a cooperação de ambos , encarnados e desencarnados, por isso é de suma importância compreender a responsabilidade do médium passista e do assistido, pois como se trata de uma doação, o passista só poderá doar aquilo que possuir, para tanto é necessário que ele esteja bem psíquica e organicamente, facilitando assim o trabalho da espiritualidade.


No livro “Mecanismos da Mediunidade”, André Luiz coloca que “a mediunidade curativa se reveste da mais alta importância, desde que alicerçado nos sentimentos mais puros da mais pura fraternidade”. Para compreendermos isso é necessário compreendermos o mecanismo de atuação do passe, sobretudo nos animais. 


Imagem:Chakras no cão

Nos animais o passe ocorre através da irradiação das energias que irão agir no corpo físico; três Chakras principais são trabalhados para que fiquem sincronizados : O Chakra Base ou Raiz, o Chakra do Coração e o Chakra da Coroa.O passe irradiado, que é diferente do passe magnético aplicado nas pessoas, possui uma energia mais sutil, mas que, como nos seres humanos, também pode vir de um Espírito desencarnado ou das próprias energias dos médiuns, que serão retrabalhadas pela espiritualidade para que não afetem o perispírito do animal como no caso narrado no Livro dos Espíritos,  no Capítulo XXII sobre a Mediunidade dos Animais, onde o Sr. T.  teria matado um cão ao magnetizá-lo. A irradiação das energias dirigidas aos animais agindo no plano material, atuará como um tonificador das energias físicas dos animais, fortalecendo e auxiliando na melhor receptividade do tratamento realizado pelo veterinário que o atende, por isso não é nociva para o animal. Essa troca de energia ocorre com a atuação dos irmãos zoófilos que manipulam a energia magnética dos médiuns sutilizando-a para que ela possa atuar na matéria dos irmãos animais, pois que, como não possuem carma, os animais adoecem normalmente a partir de nossas perturbações, pois ao nos desequilibrarmos atingimos seus centros de força desequilibrando-os e com isso causando-lhes as mais diversas doenças da matéria, por isso o cuidado que se deve ter na hora da realização do passe irradiado nos animais.


Com esse trabalho advém uma grande responsabilidade e um estudo constante sobre estes nossos irmãos menores, pois tanto para humanos como para não humanos, o passe é uma das tarefas mais delicadas, assim como André Luiz nos coloca em seu livro “Missionários da Luz” : 


Sim - explicou o mentor amigo -, na execução da tarefa que lhes está subordinada, não basta a boa vontade, como acontece em outros setores de nossa atuação. Precisam revelar determina, das qualidades de ordem superior e certos conhecimentos especializados. O servidor do bem, mesmo desencarnado, não pode satisfazer em semelhante serviço, se ainda não conseguiu manter um padrão superior de elevação mental continua, condição indispensável à exteriorização das faculdades radiantes. O missionário do auxilio magnético, na Crosta ou aqui em nossa esfera, necessita ter grande domínio sobre si mesmo, espontâneo equilíbrio de sentimentos, acendrado amor aos semelhantes, alta compreensão da vida, fé vigorosa e profunda confiança no Poder Divino.(André Luiz)


Nenhum passista precisa  se tornar um Deus, mas necessita esforçar-se em sua Reforma Íntima, dentro de um grande aprendizado moral e intelectual.Porém, além do aprimoramento moral e intelectual André Luiz recomenda, ainda em “Missionários da Luz”, o cuidado com a alimentação:


O excesso de alimentação produz odores fétidos, através dos poros, bem como das saídas dos pulmões e do estômago, prejudicando as faculdades radiantes, porquanto provoca dejeções anormais e desarmonias de vulto no aparelho gastrintestinal, interessando a intimidade das células. O álcool e outras substâncias tóxicas operam distúrbios nos centros nervosos, modificando certas funções psíquicas e anulando os melhores esforços na transmissão de elementos regeneradores e salutares. (André Luiz)


Quer seja no trabalho com as pessoas, quer seja no trabalho  com os animais, o cuidado na alimentação é importante tanto para o médium quanto para o assistido, porém, nossa responsabilidade aumenta através do conhecimento que nos traz o trabalho com os irmãos menores. A recomendação mais comum fornecida pelas próprias Casas Espíritas é que todos, assistidos e médiuns, se limitem a uma alimentação sem carne vermelha ao menos no dia do trabalho, porém é necessário esclarecer dois pontos de suma importância e que normalmente são esquecidos.


O que é a Carne e de onde ela vem.


Imagem:Chakras cães e gatos
Normalmente a proibição da carne é feita porque alguns acreditam que ela contenha apenas propriedades tóxicas que de certa forma poderiam “envenenar” os fluídos dos médiuns, porém a carne é muito mais  que algo tão simples como se tem colocado. Tanto a carne que é chamada de carne vermelha quanto  carne considerada branca, provêm de corpos de irmãos animais que são mortos para que sejam transformados em alimento, o problema é que a diferença entre uma e outra baseia-se no pigmento conhecido como mioglobina, que existe no sangue e que dá à carne a cor vermelha. Os músculos dos animais geram energia para favorecer os movimentos através do uso do oxigênio e do açúcar existentes no sangue e todos os três ficam localizados nos músculos, por isso quanto mais músculo, mais mioglobina e quanto mais mioglobina mais vermelha será a cor da carne naquela região.


Os pigmentos da carne estão formados em sua maior parte por proteínas: a hemoglobina que é o pigmento sanguíneo e a mioglobina, pigmento muscular que constitui 80 a 90% do total. Pode-se encontrar na carne outros pigmentos como catalase e citocromo-enzimas, mas sua contribuição na cor é muito menor.[...] A quantidade de mioglobina varia com a espécie, sexo, idade, localização anatômica do músculo e atividade física, o que explica a grande variação de cor na carne. Bovinos e ovinos possuem uma quantidade maior de hemoglobina do que suínos, pescado e aves. As cores típicas da carne de algumas espécies são: bovino adulto: vermelho cereja brilhante ; eqüino: vermelho escuro ; ovino: vermelho pálido a vermelho ladrilho ; suíno: rosa acinzentado ;aves: branco cinza a vermelho pálido. (ROÇA)


Independente da espécie a qual pertença e a cor que sua carne terá após o abate , cada um desses animais citados acima fazem parte da Criação Divina, Princípios Inteligentes Universais, seres sencientes psíquica e fisicamente e portanto, nossos irmãos menores a quem devemos respeito e compaixão. Essa é uma verdade inexorável, por isso o tratamento espiritual de animais  trás a tona um novo conhecimento e uma nova responsabilidade: parar de comer carne não apenas porque ela faz mal aos fluídos magnéticos dos médiuns, mas porque ela é parte de nosso irmão menor ou seja, não devemos nos preocupar apenas com a qualidade dos fluidos que o médium irá emanar depois de uma alimentação, mas devemos também passar a nos preocupar com estes irmãos menores que caminham ao  nosso lado.  A transformação irá ocorrer quando aceitarmos que não existe privilégios no processo de Criação Divina, somos todos irmãos destinados ao aprimoramento moral e este aprimoramento moral depende única e exclusivamente da liberdade de escolha de cada um.


Somente pelo pensamento de irmandade já deveríamos nos abster da carne, porém sabemos que tudo obedece ao tempo e quem faz esse tempo é o livre arbítrio humano, com ele surge à liberdade de escolha entre comer ou não, mas é esta liberdade que também estabelece nosso desejo de evoluir ou não, dependendo de nosso orgulho e egoísmo.


Por isso a atenção redobrada dos médiuns diante da alimentação ser tão importante. Ao aplicar um passe no assistido estando ambos, e principalmente o médium, impregnado do magnetismo animal que foi obtido através da alimentação a base de carne, a  tarefa da espiritualidade será redobrada. Nestes casos os amigos espirituais e os irmãos responsáveis pelos animais e que rodeiam os médiuns, terão que anular as energias pesadas dos médiuns para aplicar diretamente os fluidos ou irradiações nos assistidos, para que estes não recebam a irradiação impregnada da vibração negativa dos irmãos animais que foram abatidos.


No caso dos animais o passe irradiado, que será direcionado à matéria, é ainda mais importante o cuidado alimentar, pois, como doar para um irmão menor tendo no corpo resquícios de outro irmão menor?


Muitos estudos indicam que os fluídos da carne permanecem por três dias no corpo , ou seja, mesmo abstendo-se da alimentação a base desses irmãos no dia dos trabalhos, o corpo do médium ainda assim estaria impregnado da vibração violenta que o animal sofrera durante o abate e grande parte do trabalho, tanto para humanos quanto para os animais, teria que ser realizado pelos amigos espirituais.


Sendo o passe uma transfusão de energias, é preciso que assumamos essa responsabilidade, não permitindo que os amigos espirituais façam todo o trabalho por nós, é preciso que tomemos consciência dessa grandiosa tarefa. Façamos então nossa parte, colocando aqui as necessidades de um bom médium passista e deixemos que de agora em diante, cada um se responsabilize pela própria escolha de aceitar ou não aquilo que está lhe sendo oferecido.





 Referências


GURGEL, Luiz Carlos de . O passe espírita.

KARDEC, Allan . Livro dos Médiuns

LUIZ, André. Missionários da Luz e Mecanismo da Mediunidade

ROÇA, Prof. Roberto de Oliveira – Propriedades da Carne: Disponível em: <http://pucrs.campus2.br/~thompson/Roca107.pdf>

SCHUBERT, Suely Caldas. Obsessão e Desobsessão



Simone Nardi




Simone Nardi









Simone Nardi – criadora deste blog e do antigo Consciência Humana, colunista do site Espírita da Feal (Fundação Espírita André Luiz) ; é fundadora do Grupo de Discussão  Espírita Clara Luz que discute a alma dos animais e o respeito a eles.Graduada em Filosofia eespecialista  em Filosofia Contemporânea e História pela UMESP.







  Gostou deste artigo? 
Mande um recado pelo
Nos Ajude a divulgar 
Enviar por email




©Copyright Blog Irmãos Animais-Consciência Humana - Simone Nardi -2014
 Todos os direitos reservados 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS - CÓPIA E REPRODUÇÃO  LIBERADAS DESDE QUE CITADA A FONTE - 2014



4 comentários:

  1. Passou da hora de médiuns tomarem atitudes mais conscientes sobre a relação homem-animal. Cuidar de animais e comer carne é o mesmo que condenar um pai por matar seu filho e incentivar a namorada a praticar um aborto. Muito incoerente, principalmente, para quem conhece a doutrina espírita e se diz praticante.
    Abraços Simone, que Deus a abençoe!!

    ResponderExcluir
  2. Olá Yara,

    Concordamos contigo,porém é uma tarefa bem difícil fazer alguns espiritas compreenderem isso, por isso, para que sirva como incentivo, postamos na parte Tratamento Espiritual de Animais, não apenas a relação das casas que trabalham com animais, mas a verdadeira relação delas com os animais, ou seja, em cada uma postamos ao lado as que comem ou não comem carne.Esperamos que elas compreendam isso como um incentivo ao amor.
    grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho algumas dúvidas, estou em transição de parar de comer carne, mas quero aprender mais coisas;
    1- Os médiuns,, qualquer um, comem carne d depois dão passes nas pessoas/animais?
    2- Qual a consequencia em caso deles comerem carne antes ?
    3-Qual o maior prejudicado, o cara do passe ou quem recebe/
    4-Porque eles simplesmente não conseguem abolir a carne( eu não trabalho com animais e nem no passe, estou parando de comer carne depois de ler blogs como este aqui)
    5 - Eu li aqui no blog que muitos lugares promovem festas com carne, isso é correto para todas as casas ou só para as que cuidam de animais??
    6- Um mediun de baxa moral pode dar passes?
    tenho muitas outras perguntas mas fico por aqui por enquanto, muito obrigado, pode responder no blog

    Dario

    ResponderExcluir
  4. Desculpe-nos a demora Dario, mas vamos tentar sanar algumas dúvidas:
    1-Muitos médiuns comem carne e depois vão dar passes em animais, alegando que a espiritualidade "limpará" os vestígios da carne,mas o que geralmente ocorre é que a espiritualidade Cerca o médium não permitindo que seu magnetismo ou seus fluidos passem para a pessoa em quem ele aplicará os passes, portanto seu trabalho na camara passa a ser apenas figurativo.
    2- A consequencia é exatamente essa que colocamos acima, um desperdício de tempo e um excesso de trabalho para espiritualidade
    3- Com toda certeza o médium
    4-Acreditamos que seja uma questão de hábito, e total falta de caridade para com os animais.
    5- Na verdade nenhuma casa espirita, que reconhece os animais como irmãos, deveria servi carne em suas festividades, mas, principalmente aquelas que trabalham com anmais deveriam se abster disso, para não cairem na hipocrisia
    6- Na verdade qualquer pessoa pode tentar dar passas, a questão é que a espiritualidade os bloqueia, no caso de um médium sem moral é isso que ocorre, mas pensemos: Não seria uma "baixa moral" chamar os animais de irmãos e mesmo assim comê-los?Ai é que vemos a responsabilidade do estudo da espiritualidade dos animais com toda seriedade e não por mera leitura.
    Pedimos mais ma vez desculpas pela demora, o email se perdeu entre muitas outras mensagens e acabamos por vê-lo somente hoje
    Grande abraço
    Simone

    ResponderExcluir

Comente; Sugira; Critique; Trabalhamos a cada dia para melhorar o Blog Irmãos Animais - Consciência Humana