quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Livro: A Espiritualidade dos Animais: Pela Ótica do Espiritismo

Nosso segundo livro já está disponível na Amazon:



A Espiritualidade dos Animais: Pela Ótica do Espiritismo



A Espiritualidade dos Animais é um livro que veio para esclarecer um pouco mais a respeito de alguns pontos como a alma dos animais, o desencarne e a reencarnação, o período que passam no plano espiritual, sua evolução da mônada até o reino maior, sua senciência e a responsabilidade que ela traz aos seguidores da Doutrina Espirita, tudo baseado na Codificação e alicerçado pela Ciência e pela Filosofia , desvelando de forma clara o preconceito e os dogmas existentes sobre a alimentação carnívora, alma grupo e sua inteligência nos aproximando assim, ainda mais destes nossos irmãos.

Boa leitura


Contamos com a colaboração de nossos leitores na divulgação desta segunda obra, e já nos preparamos para lançar o terceiro livro em breve. 

Grande abraço

Simone Nardi

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Novo Termo? Termo Novo para mesma coisa....



Leão tampando a cara, com vergonha


Estava lá eu, lendo um livro qualquer quando me deparei com uma nova palavra, ao menos para mim : Vegetalianismo.

Vocês não vão jamais conseguir imaginar a alegria que me deu ler isto, afinal o Cebolinha, personagem de Mauricio de Souza havia se tornado Veg . Estava até imaginando a cena dele na tirinha , com aquele dedinho gordo e aqueles cabelos espetadinhos dizendo aos seus mais leais amigos, Magali – que comia lá sua enorme fatia de melância- , Mônica com seu coelhinho azul e o perfumado Cascão.Afinal, todo mundo conhece a dificuldade dele em soletrar o “r”.

___ Agola num como mais calne, sou vegetaliano.

Vegetaliano.

Supimpa;

Massa (vegana de preferência)

Demais.... por quê? 

Porque  as crianças que gostam de gibis iriam, desde cedo, aprender algo sobre “vegetalianismo”.

Mas minha alegria passou, o balãozinho com as tirinhas sumiu da minha cabeça e vi novamente o quanto as pessoas gostam de dar nomes as coisas, não bastava os proctovegetarianos(hummm termo novo?) , depois os vegans e agora os “vegetalianos” que não eram da turma da Mônica, mas que tinha lá, sua própria definição:

Ainda tentei imaginar que seria algo do tipo, couve-flol, espinafle, blocolis, lúcula, mas não, não não não.....não era.

“Vegetalianismo”= o cara que se coloca como Lacto-veg..........

O cara que , talvez em transição, que não tenha lá muita segurança , muita identidade e que necessite ardorosamente de um nome para chamar de seu, pois ele toma leite, sei lá porque, porque ainda acredita que precisa apesar de ter conseguido dar o passo mais difícil mas....vamos respeitar....é difícil....vegetal....vegetalianismo....hummm

Só rindo mesmo.......



Simone Nardi



Gostou deste Blog? 
Mande um recado pelo


Nos Ajude a divulgar 







Licença Creative Commons     Blog Irmãos Animais-Consciência Humana - Simone Nardi -2017
 Todos os direitos reservados 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS - CÓPIA E REPRODUÇÃO  LIBERADAS DESDE QUE CITADA A FONTE - 2017

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Apenas Um - Conto















Seus olhos tristonhos  focalizaram o asfalto úmido no qual caminhava. Aquelas luzes deveriam significar felicidade, não tristeza. Era Natal. Nascimento. Vida. Amor.
Mas talvez não para ele.
Seus pés estavam molhados, seu corpo sujo e fedendo a óleo. Seu estômago doía, pois há dias  não se alimentava. As pessoas se afastavam dele, o humilhavam. Riam de sua tristeza. Nem mesmo o significado daquela noite as fazia perceber que ele necessitava ao menos de uma palavra de carinho.
As casas ricas e enfeitadas o abominavam. Os transeuntes desciam das calçadas para não passarem perto dele. Ele sentia sede e fome. Sentia tristeza e solidão. Desprezo.
Recomeçou a andar sem rumo quando uma voz forte e decidida o chamou.
      Hei amigo, venha , eu também estou abandonado essa noite.
Aqueles olhos tristes criaram  luz, um raio de alegria que o fez dar meia volta e aproximar-se do velho mendigo que, como ele, estava imundo e molhado pela garoa fina. As mãos estavam sujas, mas lhe acenavam com alegria. O rosto, marcado pela dureza da vida, mesmo assim um sorriso o acolhia. Ele não pensou duas vezes e correu na direção daquele abraço carinhoso do qual tanto necessitava.
Sentiu-se seguro. Amado, realmente querido. Quando sentaram-se em frente as belas mansões e dividiram um pedaço de pão , sua alegria transformou-se em jubilo. Ele reviu as mesas fartas, as pessoas ricas que não se importavam com sua fome, no entanto aquele mendigo dividia com ele seu único pedaço de pão. Talvez a humanidade ainda não estivesse perdida.
Sua língua comprida lambeu as mão imundas e o rosto abatido daquele velho mendigo que acariciava seus pelos desgrenhados. Ele não era apenas um cão de rua, agora era um amigo e permaneceu ali até o homem adormecer sob a noite  chuvosa.
Então,  em silêncio, começou a se afastar. Uma luz imensa rodeou-lhe a figura e o que eram patas  tornaram-se pés. Os pelos sumiram e um manto alvo cobriu-lhe o corpo, um par de asas romperam-lhe das costas e ele alçou um voo silencioso em direção ao céu.
A chuva cessou e o céu resplandeceu em estrelas enquanto sua voz poderosa clamava.
“Abençoai os homens , Senhor, pois ainda resta-lhes no coração o amor. Eu vim e descobri um que fez valer a pena. Apenas um, como me pedistes . Deixai prosseguir a vida na Terra, por ele eu vos peço. Perdoai a humanidade e não a destruí, pois uma alma nobre ainda sabe o que é Natal”
E o anjo da destruição partiu, deixando que as estrelas iluminassem a Terra e os homens que ainda conseguiam vê-las.



Simone Nardi



Gostou deste Blog? 

Mande um recado pelo
Nos Ajude a divulgar 





Licença Creative Commons     Blog Irmãos Animais-Consciência Humana - Simone Nardi -2017
 Todos os direitos reservados 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS - CÓPIA E REPRODUÇÃO  LIBERADAS DESDE QUE CITADA A FONTE - 2017

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Presente Divino
















Eis que surgiu no céu uma estrela
E seu brilho espalhou-se mais além
Muitas outras iluminaram a redondeza
Brilhando aqui e mais além
Diziam uns que era  a graça Divina
Outros  diziam nada saber
Porém a estrela que surgia
Era um ser predestinado a vencer
Sua responsabilidade era grande
Cuidar dos homens, designou-lhe o Pai
Seria ele um ser importante
Por isso Deus lhe exigiria mais
Paciência e amor eterno
Obediência e compreensão
Candura e um toque terno
Muita alma no coração
Saber ouvir ele deveria
Manter silêncio e devoção

Fazer nascer ele saberia
O amor nesse outro seu irmão
Enviado foi ele à Terra
Incompreendido em suas virtudes
O malvado homem levou-o a guerra
Sem pensar em suas inquietudes
Mas sempre valente se levantou
E com sua força grandiosa
Ao lado do homem ele lutou
De lá do céu Deus lhe sorria
Vendo que sua criação
Ajudava, homens, mulher, meninas
E sua benção ele derramou
Sobre a pequenina criatura
Que de animais ele batizou
Para quem a vida, é toda ternura
E esse foi seu presente Divino
Esse ser que nos anima
As vezes pequeno animalzinho
Muita vezes o amigo que nos ilumina.
“ Não desrespeitai te peço eu
E a tratai com muito amor
Pois é um presente meu
Teu Pai, teu Deus, teu Criador  .”



Simone Nardi





Gostou deste Blog? 

Mande um recado pelo
Nos Ajude a divulgar 




Licença Creative Commons     Blog Irmãos Animais-Consciência Humana - Simone Nardi -2017
 Todos os direitos reservados 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS - CÓPIA E REPRODUÇÃO  LIBERADAS DESDE QUE CITADA A FONTE - 2017

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Que será da sua carninha? Só rindo mesmo . . .

Bono e Iris, racismo até direcionado aos cães, Iris foi adotada por ser branca e amarela,  Bono ficou porque era pretinho




Vivem questionando os protetores de animais por ajudarem , claro, Animais ao invés de se preocuparem com crianças. Até já postei no Blog outros textos e artigos referentes ao caso que parece jamais ter fim.

E hoje finalmente concordei com essa afirmação e você que nos acompanha também irá concordar. Vamos sim, todos nós abandonar de uma vez por todas o trabalho com os animais. E aqueles que cuidam dos rios, sim os que se preocupar com a mata ciliar e o não poluição dos rios, lagos e mares, estes também irão abandonar este trabalho.

E claro, o pessoal que se preocupa com as matas e florestas, afinal, há crianças para cuidar e vocês estão ai se preocupando com "mato"? Onde já se viu se preocupar se a geleira vai ou não derreter, isso parece mesmo coisa de quem não tem o que fazer, ficar medindo a emissão de gases tóxicos no meio ambiente.

Parem , parem e façam o que nos pedem há anos: cuidar de crianças.

 Ah e quando digo todos me refiro também à vocês aí em cima, é vocês desencarnados do Plano Espiritual, afinal vocês não são anjos ou arcanjos, são pessoas como nós só que desencarnadas , nós estamos aqui do lado material e vocês aí do lado espiritual fazendo um trabalho muito semelhante ao nosso e claro, também existem espíritos desse lado aí que ainda preferem parecer com crianças, e além disso tem a fila da desencarnação onde os outros espíritos encarnarão como?

Ora como crianças.

Vamos registrar aqui também a grande perda de tempo gerada por Deus, sim por Deus em criar uma equipe de espiritos para ajustar, moldar, cuidar e montar um cronograma de vida para os Animais.

Um reino que, no mínimo, deverá ser retirado ficando mais ou menos assim os próximos livros de estudos:

Reinos 

Mineral----------vegetal ------------hominal

Mas como dissemos, existe também aquelas pessoas que se preocupam - a toa claro- com as florestas, matas e plantas, elas, como os protetores de animais realmente deveriam se preocupar com algo mais, como diremos...Humano., até porque sempre acreditei que largando de comer a carne, o ser humano mais evoluido deixaria com o tempo de também se alimentar de vegetais, mas esse é um outro assunto.E até porque, nós que gostamos de animais , sem animais para proteger, talvez migraríamos para as plantas e claro, ouviríamos:


Flor

"Nossa , você cuida de plantas? Por que não vai ajudar as crianças, não aprendemos nem a amar os humanos que dirá amar as plantas?"


Reinos 

Mineral---------- Hominal

Tudo bem, vamos deixar os geólogos em paz - desta vez - mas se não ouviram sabemos que um dia irão ouvir:

" Nossa, você é geólogo, cuida de pedras.... Por que não fez pediatria? "

Reino

Hominal

Será que isso traria alguma consequencia?

Vamos pensar:

Sem o reino animal não haveria, as Reservas Selvagens, nem as savanas, imagine que beleza ao invés de zebras, elefantes , rinocerontes ocupando esses espaços a população humana poderia se expandir ainda mais, mais filhos, mais crianças mais pessoas para cuidar de mais filhos, de mais crianças e mais pessoas.

Pensando ainda mais positivamente não haveriam animais abandonados e claro, nem os pets, aqueles "bichinhos de estimação" que as crianças adoram e que visitam muitas delas nos hospitais quando algumas delas adoece. Pensando nisso, imagine a quantidade de veterinários que iriam perder seus empregos, mas teriamos muitos mais pediatras, o que por um lado é muito bom.

Não haveria cães correndo atrás de gatos e nem gatos correndo atrás de ratos.Nada de morcegos ou aranhas, nem mosquitos da dengue, afinal todos iriam morrer com o tempo já que estamos ocupados demais com nós humanos e a espiritualidade idem, portanto nenhum animal reencarnaria, definitivamente não sendo importantes como os seres humanos , não haveria quem se preocupasse com ele pois no astral também existem aqueles desencarnados que vivem dizendo:

Paraíso com animais?

" nossa vocês ficam ai programando a encarnação de animais quando a fila da reencarnação de humanos esta enorme?"

Na verdade eu até cometi um deslize quando disse que seriam as pessoas que abandonariam o reino vegetal pelo animal, com o desaparecimento dos animais não haveria a polinização das plantas e elas acabariam desaparecendo mesmo cedo ou tarde.

Você meu amigo humanista iria (enquanto as plantas ainda existissem) se sentar a mesa e finalmente comer arroz, feijão, alface , berinjela, brocoli, couve, aquela comida que você alega ser "comida de Panda"- se é que alguém ainda irá saber o que foi um Panda, já que morreram todos e nenhum reencarnou mais.

"Sem Bife?"

Você vai questionar.

"Vou ficar anêmico, vou morrer, Kardec disse: a carne nutre a carne..."

Pois é, faz bem mais de um século que bois não reencarnam mais, afinal estamos todos fazendo o que você pediu: cuidando de crianças e fomos além do seu pensamento, cuidamos também de idosos, alguns vivem bem mais pois estão comendo mais legumes e a ingestão de gordura animal inexiste.

O reino vegetal, porém, é ainda mais "inferior"(evolutivamente) que o reino animal e ainda mais que o reino hominal, mas não existem insetos, morcegos, macacos, pássaros e ´um reino que tende a desaparecer pois quem cuidava dele também foi orientado a cuidar de crianças.

Imagine quantas terra livre de animais e plantas teríamos para ocupar na floresta?

Não existiria mais crime por desmatamento, as madeiras clandestinas iriam desaparecer, grande ponto positivo, afinal não se pode desmatar algo que não mais existe.

O problema é que o ar iria ficar um pouco mais poluído, já que os seres humanos triplicaram, quadruplicaram em número de nascimentos, as crianças logo viram adolescentes, logo ficam adultos e precisam de Fábricas para trabalhar.trabalhar para ganhar dinheiro, Dinheiro para comprar comida. Comer para sobreviver...mas comer o que mesmo?

Vamos ver...

Alface?

Não, não existe mais, lembra esse reino se foi quando você nos orientou a abandonar a proteção animal, reino que foi extinto também.

Que chato.

To com fome e você?

Gato vesgo, ser humano cego?

Agora não adianta mais dizer que não são todos os protetores de animais que devem abandonar sua causa ou agora é Você quem escolhe o que EU devo proteger ou não?

É melhor pensar melhor e ver que em tudo existe Equilíbrio, que cada um define sozinho seu caminho e que Você que muitas vezes fala isso, não ajuda nem mesmo um familiar ou um vizinho seu, mas quer que nós façamos seu trabalho e o nosso.

Te incomoda o fato de eu ajudar animais e não apenas as crianças?

Te incomoda o fato de muita gente proteger araras azuis ou morcegos? Ou proteger fontes de cristais que são depredados por humanos apenas porque brilham? Te incomoda o fato de pessoas se preocuparem com a poluição de rios e mares ao invés de só proteger humanos?

Se te incomoda tanto é porque você está trabalhando pouco pelos que quer que defendamos pois quem trabalha muito tem pouco tempo para acusar, cuidado...

Para você que é espirita de carteirinha. Que vive pregando contra a alimentação vegetariana e contra a proteção de animais

Você já imaginou se isso tudo que brincamos aqui houvesse acontecido na época quem você estagiava no reino animal, hoje você, com certeza não estaria aqui e tenho certeza que , o que mais te chateou nisso tudo foi não ter seu bifinho para comer .....

Só Rindo mesmo. . . .



Simone Nardi




Gostou deste Blog? 
Mande um recado pelo
Nos Ajude a divulgar 





Licença Creative Commons     Blog Irmãos Animais-Consciência Humana - Simone Nardi -2017
 Todos os direitos reservados 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS - CÓPIA E REPRODUÇÃO  LIBERADAS DESDE QUE CITADA A FONTE - 2017

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Devemos repensar comer animais?















Nascido Jorge Bergoglio,  .........ele tomou o nome papal de Francisco, em homenagem a São Francisco de Assis...
Até agora, muitos de nós estão cientes da entrevista na qual o Papa exortou a vida para frear a obsessão de alguns em relação ao  aborto . No dia seguinte, depois  que esta entrevista foi publicada, curiosamente, o Papa fez questão de condenar o aborto em termos muito mais fortes . O trabalho que de Francisco tem feito já tem tem sido feito por cristãos pró-vida há várias décadas: porque a raiz da nossa oposição ao aborto encontra-se com o Evangelho de Jesus Cristo, ele deve ser conectado a uma série de outras questões muito importantes.[...]
E hoje, a festa de São Francisco, traz consigo uma nova oportunidade de aplicar consistentemente nossos valores pró-vida. Em um novo livro que escrevi para Francisco, defendo que os animais são exatamente o tipo de população marginal e vulnerável sobre a qual os pró-vida devem se preocupar. Como nossos filhos pré-natal, são ameaçados com horrível violência(aborto), particularmente em fazendas industriais os animais também o são. Também como nossos filhos pré-natal, que não podem falar por si mesmos e sua dignidade é bastante inconveniente para os outros poderosos que preferem, por exemplo, pensar em porcos como "pepperoni" e vacas como "hambúrgueres".
Mas alguns podem perguntar: "Qual dignidade?" Não as histórias da criação de Gênesis não dá aos seres humanos o domínio sobre os animais? E, para os católicos, o Catecismo não diz que podemos usar animais para comida e roupas? 

Mas as histórias da criação do Gênesis também deveriam explicar que Deus pretendia que os seres humanos se alimentassem de uma dieta vegetariana, pois os animais não-humanos não foram criados para virarem alimentos. O Catecismo coloca dois limites estritos em nosso uso de animais " porque não é bom que o homem esteja só.": (1) que só pode causar sofrimento e morte aos animais em situações de necessidade, e (2) devemos tratar com bondade todos os animais .
Quando os pró-vida compram e comem animais que são torturados e abatidos em fazendas industriais, não só cooperam com um mal horrível e cruel como fazem uma paródia do nosso verdadeiro dever de tratar os  animais com bondade. Além disso, ninguém "precisa" comer  carne. A nossa sociedade é que é viciada em carne e exagera na quantidade de proteína necessária para uma vida saudável, especialmente tendo em conta que a maioria de nós pode obter mais do que suficiente ao comer lentilhas ,ervilhas, feijões e nozes que são relativamente baratos,essa deve ser uma preocupação  totalmente nova para os pró-vida. Mary Eberstadt, pesquisadora sênior do pró-vida Ética e Políticas Públicas Center, escreveu um artigo importante para a First Things, intitulado "Pro-Animal, Pro-Life". Um ex-redator de discursos para George W. Bush, Matthew Scully escreveu um importante livro em defesa dos animais chamado " Dominion ". 

De CS Lewis a William Wilberforce, para o próprio São Francisco, podemos apontar vários exemplos de um núcleo forte de cristãos que não viam nenhuma contradição entre sua fé e preocupação com os animais. Engraçado é que, talvez os nossos deveres morais para com os animais sirvam apenas para  levar os cristãos a praticarem a antiga tarefa de se recusar a comer carne às sextas-feiras e durante a temporada de santo da Quaresma.
Nem todas as obrigações morais são iguais, é claro. Se eu tivesse que escolher, eu diria que o aborto é mais grave do que a questão da pecuária industrial de animais.Mas, os pró-vida não tem que escolher. Mais uma vez, de pé pela dignidade dos animais não-humanos devemos fazer  oposição ao aborto a a morte de animais. Papa Francisco parece estar levando os cristãos pró-vida para uma ética mais consistente de vida. Neste dia de festa do santo padroeiro dos animais, talvez possamos ser mais consistentes em nossa preocupação com a violência infligida às populações vulneráveis, tanto humana quanto não-humana.
Charles C. Camosy é Assistant Professor de Ética Cristã na Universidade de Fordham. Seu novo livro é intitulado For "Love of Animals:. Ética cristã, ação consistente"


Fonte: Faithstreet 


Cão Eli,vestido de papa,
foto recebida por email





Licença Creative Commons     Blog Irmãos Animais-Consciência Humana - Simone Nardi -2017
 Todos os direitos reservados 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS - CÓPIA E REPRODUÇÃO  LIBERADAS DESDE QUE CITADA A FONTE - 2017
C